Jessica Gergen

10 OUTUBRO / OCTOBER
9.15-9.45 h / 9.15-9.45 pm
LOCAL / PLACE: Fundação Fernando Leite Couto – FFLC

TEMA: COMPREENDER A MOBILIDADE GLOBAL E AS CRISES MIGRATÓRIAS ATRAVÉS DA VISUALIZAÇÃO DE DADOS

THEME: UNDERSTANDING GLOBAL MOBILITY AND MIGRANT CRISES THROUGH DATA VISUALIZATION

Nesta apresentação iremos olhar para as migrações globais dos últimos cinquenta anos através de um conjunto de dados e visualizações gráficas. Iremos analisar diferentes tipologias migratórias (políticas, económicas, turísticas) e dissecar algumas das suposições e ideias adquiridas sobre as migrações globais e as suas motivações.
LER MAIS ↓
Na parte final da apresentação iremos analisar algumas das actuais  e recentes tendências migratórias  em Moçambique e como estes movimentos contribuiram para configurar a sociedade moçambicana de hoje. O propósito desta apresentação é debater questões como: Que tipos de migrantes existem e como se movimentam pelo mundo hoje? O que está por detrás da actual crise migratória global e será que eu faço parte dela?
We’ll take a quick look at global migration over the last half century using time-series and motion graphics. We’ll explore different typologies of migration, from political, economic, leisure, and dissect our assumptions about the global trends of migration and what’s driving them.
READ MORE ↓
The final part of the discussion will highlight what migration is happening in Mozambique from present to recent past – and how that has shaped the society now. Join me to discuss questions like: What types of migrants are there and where are they going? What’s the impetus of the current global migration crisis and am I part of it?
SOBRE A ORADORA

 

Apaixonada pelo design de dados, vizualizações vibrantes e transparência radical, Jessica Gergen nasceu em St.Paul, no Minnesota (EUA). Vive fora dos Estados Unids desde os 22 anos de idade com passagens pela Serra Leoa, Indonésia, Bangladesh e agora Moçambique.

Investigadora na área da saúde tem desenvolvido trabalho na área da visualização de dados. Fundou recentemente a Visualst, baseada em Maputo, porque acredita na importância das pessoas terem acesso a dados e informação relevante que as ajudem a tomar decisões.

A Visulast está empenhada em reinventar a forma como os dados são apresentados porque acredita que tal pode ser feito de forma acessível, colorida e ter um impacto poderoso.

ABOUT THE SPEAKER

 

Passionate about fantastic data design, high quality analytics, vibrant visualizations, radical transparency, and oxford commas.  Jessica is a midwesterner from St.Paul, Minnesota (USA) where she grew up oldest of six children. She has been living abroad since she was 22, with stints in Sierra Leone, Indonesia, Bangladesh and now is happily settled in Mozambique.

Jessica is a recovering global health researcher and data visualization enthusiast. She recently founded Visualst because she believes there is no higher calling than helping people connect with the data and information they need to make decisions. She also believes that data can be colorful, approachable, and powerful. With that vision, Visualst is reinventing how data is designed, starting right here in Mozambique.

PATROCINADORES

Sponsors

 

SOBRE O MAPUTO FAST FORWARD

About Maputo Fast Forward
O Maputo Fast Forward é uma plataforma dedicada à Criatividade e à Inovação em Moçambique. O seu objectivo é ser um espaço de referência dedicado, à reflexão, ao debate, à apresentação de projectos e ideias, à análise de tendências, à troca de experiências e à constituição de redes entre todos aqueles que, das artes às ciências, da tecnologia ao design, da arquitectura aos media, da gastronomia à moda, das empresas às organizações sociais, reconhecem na criatividade e na inovação os motores da nova economia do conhecimento.

MFF was launched in 2016 as an open platform engaged in promoting creativity and innovation. Its main objective is to help Mozambican creators and innovators across all fields of activity (arts, culture, design, architecture, technology, etc.) to develop and present their projects, engage in fruitful trans-disciplinary debates and develop collaborations in order to establish an ecosystem that will allow them to expand their creative skills and to participate, through the exploration of networking opportunities, in the “global conversation” that is taking place within the “creative industries” sector.

 

maputofastforward.com

UMA INICIATIVA DA