Remígio Chilaule

11 OUTUBRO / OCTOBER
9.10-9.50h / 9.10-9.50 am
LOCAL / PLACE: Fundação Fernando Leite Couto – FFLC
MAPA / MAP →

A REQUALIFICAÇÃO DOS ASSENTAMENTOS INFORMAIS DE MAPUTO: PROJECTOS, RESPONSABILIDADES E FUTURO

THE REQUALIFICATION OF INFORMAL SETTLEMENTS IN MAPUTO: Projects, Responsibilities and Future

 

 

Os assentamentos informais em África, em particular os localizados nas periferias próximas aos centros das grandes cidades, vem assumindo características de grande complexidade entre as quais está a rápida deterioração da qualidade de vida de grandes conjuntos de pessoas. Eles constituem uma questão urbana e social incontornável quando se pretende falar da Cidade, seu funcionamento, suas prioridades e seus valores.

Esta apresentação faz uma breve radiografia dos projectos hoje em curso que abordam as diferentes dimensões dos problemas dos assentamentos informais em Maputo, e desde aí parte para uma definição, inevitavelmente incompleta, de um modelo inovador de responsabilidades sociais das partes envolvidas no problema, esperando assim contribuir directrizes que orientem para um futuro urbano mais sustentável para todos cidadãos.

 

The informal settlements in Africa, in particular the ones located at the periphery closest to the large city centres, are taking on very complex characteristics, among which is the rapid deterioration of the quality of life for large groups of people. These settlements have become an inescapable urban and social issue when one wants to talk about the City, its functioning, its priorities and its values.

This presentation does a brief x-ray of the on-going projects that tackle the different dimensions of the problems affecting informal settlements in Maputo, and from there departs to lay out, in a manner inevitably incomplete, an innovative model of social responsibilities of all parts involved in the problem, thus hoping to contribute some guidelines that can orientate to a more sustainable urban future for all citizens.

SOBRE O ORADOR

Remígio Chilaule é arquitecto e urbanista, formado pela Faculdade de Arquitectura e Planeamento Físico da UEM, onde hoje é docente da cadeira nuclear de Laboratório. Seu trabalho preocupa-se primariamente com os assentamentos informais de Maputo, onde a arquitectura e a inovação são mais necessários.

Entre seus projectos recentes destacam-se a co-autoria na proposta de debate arquitectónico Futuros da Mafalala, e a direcção do escritório HUEIVlaboratório.de.arquitectura, responsável pelo projecto de construção do Museu da Mafalala. Remígio lidera também a iniciativa comunitária #MapeandoMeuBairro, que procura preencher o grande vazio de informação geoespacial sobre os assentamentos informais em Moçambique, utilizando métodos e técnicas participativas de mapeamento. Remígio é também activista voluntário do Movimento Humanista.

 

ABOUT THE SPEAKER

Remígio Chilaule is an architect and urban planner, graduated from the Faculty of Architecture and Physical Planning of UEM, where he is today a teacher in the core discipline of design studio. His work is primarily focused on the informal settlements of Maputo, where architecture and innovation are most needed.

Among his recent projects are the co-authorship of the proposed architectonic debate Mafalala Futures, and the coordination of the practice HUEIVarchitecture.laboratory , responsible for the construction project of the Museum of Mafalala. Remígio also leads the community initiative #MapeandoMeuBairro, which seeks to fill the large gap of geospatial information about informal settlements in Mozambique, using participatory mapping methods and techniques. Remígio is also a volunteer activist for the Humanist Movement.

PARCEIROS DO MFF2018

MFF2018 PARTNERS

Os nossos Patrocinadores

Our Sponsors

Sobre o Maputo Fast Forward

About Maputo Fast Forward
O Maputo Fast Forward é uma plataforma dedicada à Criatividade e à Inovação em Moçambique. O seu objectivo é proporcionar uma plataforma de referência, aberta e dedicada, à reflexão, ao debate, à apresentação de projectos e ideias, à análise de tendências, à troca de experiências e à constituição de redes entre todos aqueles que, das artes às ciências, da tecnologia ao design, da arquitectura aos media, da gastronomia à moda, das empresas às organizações sociais, reconhecem na criatividade e na inovação os motores da nova economia do conhecimento.

maputofastforward.com

Contactos

Contacts

Siga-nos

Follow us

UMA INICIATIVA DA