O Bairro Polana Caniço na visão da próxima geração de arquitectos moçambicanos

Polana Caniço Neighbourhood through the eyes of the next generation of Mozambican architects
6 NOVEMBRO – 14 DEZEMBRO / 6 NOVEMBER – 14 DECEMBER
INAUGURAÇÃO / OPENING: 18.00h / 6 pm
LOCAL / PLACE: CCFM – Centro Cultural Franco Moçambicano
MAPA / MAP →

EXPOSIÇÃO

EXHIBITION
SOBRE A EXPOSIÇÃO

Esta exposição resulta de um projecto-piloto que teve como objectivo envolver os estudantes da Faculdade de Arquitectura e Planeamento Físico da UEM (FAPF/UEM) no festival MFF 2018. Tendo em atenção que o tema estruturante desta edição do MFF gira em torno do tema “O Futuro do Futuro”, através do qual se pretende levar a cabo não apenas um exercício “especulativo” sobre as opções em aberto mas também apresentar projectos e debater ideias relacionadas com a emergência de novas “narrativas” e “modelos identitários” alternativos no continente africano, pareceu oportuno colocar este desafio àqueles  que constituem a próxima geração de arquitectos em Moçambique.

O objectivo deste projecto-piloto é permitir que a compreensão, leitura e procura de soluções para os problemas complexos da cidade – que decorre durante o processo de formação destes estudantes –  possa atravessar as fronteiras do meio académico e se dê a conhecer ao mundo da sociedade civil.

Os resultados expressos nesta exposição são fruto do apoio técnico dado aos alunos da disciplina de Laboratório Integrado do 5º ano da faculdade de arquitectura (FAPF) – através de pequenas sessões de formação nas áreas de design gráfico, fotografia, vídeo, e de Pitch – com o objectivo de estimular os estudantes a aperfeiçoarem as suas técnicas de comunicação dos projectos e cativar os diversos públicos que irão encontrar ao longo da sua actividade profissional.

 

ABOUT THE EXHIBITION

This exhibition results from a pilot project which aimed to involve architecture students from Eduardo Mondlane University’s  Architecture and Physical Planning Faculty (FAPF/UEM) with the 2018 MFF festival. In keeping with the theme for the festival’s current edition which revolves around “The Future of the Future”, through which we intend to engage in an exercise beyond “speculative” about the wide-ranging possibilities but also present projects and debate ideas related to the emergence of new and alternative  “narratives” and “identity models” on the African continent, it seemed timely to pose this challenge to those considered the next generation of architects in Mozambique.

The objective for this pilot project is to allow for the reading, comprehension and pursuit of solution to the complex problems of the city – that happens naturally during the students university career – to cross the borders of the academic world and present itself to the general public.

The outcomes expressed in this exhibition result from the technical support given to FAPFs 5th year architecture students in their Integrated Laboratory class – through small training sessions focused on graphic design, photography, video, and project pitching – with the aim of stimulating the students to perfect the communication techniques used on their projects and through this allow them to captivate the diverse audiences they’ll find throughout their professional careers.

PARCEIROS DO MFF2018

MFF2018 PARTNERS

Os nossos Patrocinadores

Our Sponsors

Sobre o Maputo Fast Forward

About Maputo Fast Forward
O Maputo Fast Forward é uma plataforma dedicada à Criatividade e à Inovação em Moçambique. O seu objectivo é ser um espaço de referência dedicado, à reflexão, ao debate, à apresentação de projectos e ideias, à análise de tendências, à troca de experiências e à constituição de redes entre todos aqueles que, das artes às ciências, da tecnologia ao design, da arquitectura aos media, da gastronomia à moda, das empresas às organizações sociais, reconhecem na criatividade e na inovação os motores da nova economia do conhecimento.

MFF was launched in 2016 as an open platform engaged in promoting creativity and innovation. Its main objective is to help Mozambican creators and innovators across all fields of activity (arts, culture, design, architecture, technology, etc.) to develop and present their projects, engage in fruitful trans-disciplinary debates and develop collaborations in order to establish an ecosystem that will allow them to expand their creative skills and to participate, through the exploration of networking opportunities, in the “global conversation” that is taking place within the “creative industries” sector.

maputofastforward.com

UMA INICIATIVA DA